Blog

Missionário-RR-Soares_banner

A importância dos sinais

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 | 447 acessos | Deixe seu comentário!

É preciso observar o fato de Jesus ter feito vários sinais em Seus dias na Terra. As Suas ações foram para o nosso benefício e ensino. Portanto, se ignorarmos as ministrações dEle, deixaremos de realizar a obra corretamente. Quando não damos crédito aos detalhes da Palavra, ficamos privados do entendimento da vontade divina. Segundo Oseias, o povo foi destruído por lhe faltar o conhecimento (Os 4.6).  Isso mudará a sua vida!

Naqueles dias, o Mestre aproveitou que Jerusalém estava cheia de pessoas, as quais tinham ido àquele local a fim de participar das festividades pascoais, para lhes ensinar a importância de praticar a Palavra. Além de aprenderem que Deus é imutável, elas foram curadas e libertas. Devido a isso, o Nome de Cristo se tornou notório. Os sinais e prodígios feitos em Nome de Jesus são os melhores testemunhos da Verdade!

Mais à frente, João escreveu que grandes multidões seguiam o Mestre por causa dos sinais que Ele operava sobre os enfermos (Jo 6.2). Se Jesus não tivesse feito isso, as pessoas que O acompanhavam não teriam movido sequer um pé para andar após Ele. Da mesma forma, se a igreja ignorar a ordem de expulsar os demônios e curar os enfermos, ficará vazia. Os sinais realizados em Nome de Jesus fazem até os sacerdotes de outras religiões O seguirem.

Apesar de não ter visto Jesus em pessoa, Paulo creditou o seu sucesso no Evangelho ao poder que o acompanhava, dizendo: Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós, com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas (2 Co 12.12). O pregador que se recusar a ser usado em sinais, prodígios e maravilhas pouco fará e, então, ao desenterrar o talento embrulhado no lenço, terá problemas no Juízo (Lc 19.20).

Fazendo a defesa do seu ministério, o apóstolo escreveu: Porque não ousaria dizer coisa alguma, que Cristo por mim não tenha feito, para obediência dos gentios, por palavra e por obras; pelo poder dos sinais e prodígios, na virtude do Espírito de Deus; de maneira que, desde Jerusalém e arredores até ao Ilírico, tenho pregado o evangelho de Jesus Cristo (Rm 15.18-19)Não há substituto à altura do Nome que está acima de todo nome.

Ao ler e meditar em Hebreus 2.1-4, você verá que é nossa obrigação pregar o Evangelho por inteiro, tal qual o Senhor o pregava, a menos que não tenhamos medo do julgamento. Se o Salvador deu o exemplo de como anunciar a Palavra com sucesso, por que não crermos no que Ele diz e fazermos igual? Caso contrário, poderemos ser condenados por desobediência. Temos de fazer o Nome dEle ser conhecido!

Seja você quem for, dê-se por avisado. Jesus fez sinais, prodígios e maravilhas, e as multidões O seguiram. Se houvesse meio melhor de alcançar os perdidos, Ele, que sabe de todas as coisas, teria nos ensinado. Não deixe Satanás enganá-lo mais; prepare-se e consagre-se para realizar a vontade de Deus conforme Cristo nos ordenou. Ele nos deu o exemplo (Jo 13.15).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (0) (média: 0,00 de 5)
Loading...Loading...

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Receba as novidades da Graça Editorial diretamente no seu e-mail.

Você poderá participar de sorteios de brindes e vales descontos.

Nome completo
E-mail *
×