Familia-1_banner

Incêndio espiritual

sexta-feira, 6 de setembro de 2019 | 32 acessos | Deixe seu comentário!

Uma criança não é um vaso que deve ser cheio, mas um fogo que deve ser aceso.

François Rabelais

A temporada de incêndios na Califórnia não é brincadeira. Todo ano, de setembro a novembro mais ou menos, ficamos na expectativa e esperamos ansiosamente que venham logo as chuvas para que acabe o fenômeno Santa Anas – ventos fortes e quentes que sopram do deserto e tornam uma pequena fagulha em um grande incêndio.

A solução para frear esses incêndios é a contenção. Todo relatório que avalia a intensidade de um incêndio sempre registra a porcentagem da contenção que está sendo realizada. Quando ela chega a 70%, isso é uma má notícia.

A vida da sua família em Cristo é uma chama que arde no interior da floresta da sua alma, e o objetivo principal do diabo é conter essa chama. Quando a sua vida espiritual fica confinada a lugares espirituais, como os trabalhos da igreja, e está tudo bem, é bem provável que a chama espiritual da sua vida esteja sendo apagada.

O inimigo não se importa que você vá à igreja e não seja afligido por qualquer problema, contanto que sua vida em Cristo nunca ultrapasse os limites e incendeie outras áreas do seu ser. As Escrituras dizem que nosso Deus é Fogo consumidor: Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso “Deus é fogo consumidor!” (Hb 12.28,29).

O Altíssimo quer que Sua presença e Seu Espírito espalhem-se pela sua família e incendeie seu coração, para que haja nela uma chama que nunca se apaga. Foi isso que aconteceu com Pedro. Certamente, antes de Pedro largar as redes e ir com Jesus para águas profundas, havia uma pequena fogueira acesa em sua alma. Afinal de contas, ele era um bom judeu. Costumava ir à sinagoga todos os dias sagrados, mas não passava disso. Ou melhor, não passava disso até que Jesus apareceu enquanto ele estava pescando e lhe ofereceu algo mais – Cristo acendeu uma chama em seu ser.

Nunca se esqueça de que o fogo de Deus é aquele que não podemos conter! Uma das maneiras de verificar o nível de contenção desse fogo em sua família é olhar o mapa da sua vida e ver quais áreas, se houver alguma, estão em chamas.

Antes de tudo, estar em chamas não significa que você está ressuscitando mortos todos os dias e vendo línguas de fogo vindo sobre a cabeça dos seus filhos. Acho que muitos de nós medimos nossa espiritualidade pelos eventos sobrenaturais ou pelas emoções que acontecem ao longo das estações pelas quais passamos em nossa vida espiritual. Estar em chamas significa que Deus está presente em todas as áreas do nosso viver.

Ele não ocupa uma ou outra área, e sim todas. Isso quer dizer que você sabe o momento em que Jesus está agindo, que âmbito da sua vida Ele está preenchendo, e permite o agir dEle. Se você está curando enfermos, isso é maravilhoso. Se está cansado de esperar na fila com seu filho de dois anos, que não para, e ainda mantém a paciência, isso é fantástico. Tudo isso também é importante e demonstra que a chama divina arde em você.

Essa é uma maneira de verificar o nível de contenção em sua vida: você e seus filhos conseguem ver como Deus está operando na escola ou na creche? Você tem ideia de qual é o propósito dEle ali e como pode ajudá-Lo a cumprir isso? Por exemplo, quando você sai de carro, geralmente há muita confusão dentro dele ou há momentos em que ele se torna um lugar sagrado? Não estou dizendo que você tenha de criar um clima no seu carro como se ele fosse a Catedral de Westminster, mas, sim, que esse é um dos lugares mais importantes da sua vida quando você está com seus filhos. Se você raramente demonstra ter as marcas do Cristo ressuscitado ali, está desperdiçando um solo espiritual muito fértil.

Outra maneira de verificar é esta: quanto tempo que você gasta falando de Deus durante o dia? Quando está conversando, vez ou outra surgem assuntos sobre a graça e a misericórdia do Senhor? Alguém diria que você é filho do Deus vivo se escutasse as suas palavras por um dia inteiro?

Tem mais: seus filhos sabem como ouvir a voz dEle? Eles chamam sua atenção às vezes para lhe mostrar que Ele os está chamando para águas profundas? Conhecem a Palavra de Deus e oram quando você não está olhando ou sem você pedir? Eles se preocupam com os pobres?

Tudo isso que mencionei são sinais de uma vida cristã, de um lar cristão. Se isso não acontece frequentemente no seio da sua família, não se preocupe; a princípio, também não acontecia na vida dos primeiros discípulos, e eles acabaram transformando o mundo! Mas a pergunta que precisamos responder antes de seguir adiante é: como podemos ajudar a chama espiritual da nossa família a romper as linhas de contenção?

O único modo de fazermos isso é tornando-nos incendiários espirituais. Assim como Sansão amarrou uma tocha nas caudas das raposas e largou-as na seara (Jz 15.4), você aprenderá a clamar ao Pai para que Ele seja o combustível da sua vida. Pode ter certeza de que o fogo sempre consumirá todo combustível que Ele lhe der.

 

Livro – Dê as chaves aos seus filhos

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (0) (média: 0,00 de 5)
Loading...Loading...

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *