Dia-das-Maes-2-2019_banner

Neste Dia das Mães, vamos celebrar o maior amor que existe!

sexta-feira, 10 de maio de 2019 | 109 acessos | Deixe seu comentário!

Pois que tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei.

Salmo 91.14a

O Senhor fala diretamente conosco do versículo 14 ao 16 e oferece outras sete promessas a todos que O amam. Pergunte a si mesma: “Eu realmente amo o Senhor?”. Seja honesta! De qualquer maneira, Deus já sabe a sua resposta.

Um comprometimento com o amor é uma questão de escolha. Deus colocou o Seu amor em nós da mesma maneira como Ele nos desafia, nessa passagem, a depositar o nosso amor nEle. No momento em que fazemos isso, as promessas surtem efeito. O amor liga o homem a Deus, e Ele será fiel aos Seus amados.

Talvez você já tenha presenciado sua filha ou seu filho caçula segurando um gatinho recém-nascido pela garganta, carregando-o por todo o quintal. Horrorizada, mais tarde, você deve ter se perguntado como o animal sobreviveu.

Em minha família, há a história de uma velha galinha vermelha que suportou o sofrimento nas mãos das minhas crianças entusiasmadas. Ole Red, como ela era chamada, permitia ser erguida enquanto colocava um ovo e o depositava nas pequenas e ansiosas mãos de Angie. Meus filhos davam o mérito para o que eles anunciavam ser os ovos mais frescos da cidade – havia vezes em que o ovo nem chegava a tocar o ninho. Para as crianças, havia algo de fascinante na temporada de as galinhas chocarem os ovos. Elas viam Ole Red tentar chocar mais ovos do que ela conseguia cobrir, os quais elas numeravam à lápis para certificarem-se de que cada um deles fosse propriamente alternado e aquecido. Os ovos até mesmo eram revezados entre as galinhas! Meus filhos esperavam por 21 dias, então, com uma animação contagiante, chamavam-me para ver o ninho cheio de pintinhos. Aquela velha ave teve uma ninhada chocada por cada galinha no galinheiro.

Assistir tão de perto a uma galinha chocadeira tem seu charme especial, pois você testemunha a proteção que ela dá aos seus pintinhos de uma maneira que muitas pessoas nunca tiveram a chance de observar. Eu me lembro de quando Ole Red abanava as suas penas, do cheiro da palha fresca que as crianças mantinham em seu ninho escuro e macio e do ritmo do seu coração. A posição daqueles pintinhos era quase invejável, algo que nem todos os livros de teologia sobre proteção poderiam explicar com meras palavras. Essa foi uma imagem inesquecível da vida real do que significa estar debaixo das suas asas (Sl 91.4b). Aquelas avezinhas eram felizes! A verdadeira proteção tem tudo a ver com proximidade.

Uma das razões por que fomos criados é a comunhão com o Senhor. Quando era apenas um jovem pastor, Davi ficava nos campos cuidando de suas ovelhas durante a noite, tocando sua harpa e recitando canções de amor ao Senhor. Lembre-se do que Deus disse a respeito de Seu servo: Ele o chamou de “homem segundo o Meu coração”. O Altíssimo deseja que você passe tempo ouvindo-O, conversando e tendo comunhão com Ele. Quanto mais tempo você passar com o Senhor, mais aprenderá a confiar nEle e a constatar que a Sua Palavra é verdade. Davi aprendeu a confiar em Deus, por isso ele não teve medo de lutar contra o leão, o urso e o gigante. O Senhor Se tornara seu melhor Amigo. Ele sabia que o Altíssimo nunca o deixaria ou o esqueceria.

Há muitos anos, Bill tinha um rebanho de cabras em um terreno próximo a uma baía pantanosa quando ocorreu uma enchente. A água da baía subia e transbordava em suas margens, e alguns homens viram as cabras de Bill sendo quase levadas pela enchente. Então eles começaram a içá-las para o sótão de um celeiro, evitando, assim, que elas se afogassem. Na manhã seguinte, as águas pareciam um rio impetuoso, com quase dois quilômetros de largura, carregando árvores arrancadas e tudo mais que estivesse no caminho. A essa altura, Bill já sabia que suas cabras estavam a salvo. Porém, ainda assim, apesar dos bloqueios na estrada e das corredeiras que se formaram, ele partiu em um barquinho pelas águas ferozes para resgatar seu pequeno rebanho. Ele sabia que, dentro de algumas horas, os animais poderiam morrer de sede ou sufocados.

Little Willie, sua cabra favorita por ter sido alimentada na mamadeira, foi a primeira que Bill ouviu berrando ao se aproximar do celeiro. Tenho certeza de que, quando ele conseguiu abrir a porta do sótão à força, mesmo estando em pé em um barco que estava sendo agitado pelas águas, ela pulou em seus braços. Aos poucos, transportando um animal por vez, Bill resgatou todo o rebanho e o levou a um local seguro.

Uma equipe de televisão da cidade de Abilene estava filmando a enchente. Contudo, a notícia do dia foi o rapaz que arriscara a vida para salvar seu rebanho, aparecendo nos telejornais da tarde e da noite. O amor que Bill teve por suas cabras, a ponto de arriscar a própria vida para levá-las em segurança, é uma imagem do amor de Deus por Seus filhos.

Conhecer o amor do Senhor por nós é o elo entre todas as Suas promessas. Alguns reconhecem que há um Deus; outros O conhecem. Seja a maturidade, a educação, seja uma herança de família ou mesmo uma vida cristã nominal, nada pode fazer com que alguém O conheça. Apenas um encontro com o Senhor e tempo gasto com Ele irão fazer com que alguém tome posse das promessas do Salmo 91.

Precisamos perguntar a nós mesmos: “Eu realmente O amo?”. Jesus perguntou isso a um discípulo muito próximo: Simão [Pedro], filho de Jonas, amas-me? (Jo 21.15b). Você consegue imaginar como Pedro se sentiu quando o Filho lhe perguntou três vezes: Simão [Pedro], filho de Jonas, amas-me? Você pode imaginar o seu amor por Ele sendo questionado? É necessário que você se faça essa pergunta, pois as promessas do Senhor foram feitas somente àqueles que, genuinamente, colocaram o seu amor nEle. Note, em especial, o fato de que as sete dádivas dos versículos 14 ao 16 são reservadas àqueles que retribuem o amor do Senhor.

Você O ama? Se a sua resposta for afirmativa, então tais promessas são para você!

Conheça mais sobre a maravilhosa proteção que o Pai celestial tem para você. Leia o livro Salmo 91 para mães.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (0) (média: 0,00 de 5)
Loading...Loading...

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *