imgpsh_fullsize (3)

Sexto Pilar

quinta-feira, 28 de junho de 2018 | 158 acessos | Deixe seu comentário!

  • Por que somente a dieta não é suficiente

Em um mundo perfeito, o corpo humano, realmente, tiraria dos alimentos todos os nutrientes necessários para sua subsistência. As vitaminas e os minerais de que o nosso organismo precisa para se desenvolver devem ser obtidos daquilo que ingerimos. Entretanto, os alimentos processados foram despojados de muito do seu conteúdo nutricional.

O cozimento e o armazenamento também são razões pelas quais o alimento perde mais propriedades. O ambiente nocivo e as toxinas da comida, da água e do ar, bem como nosso estilo de vida estressante, aumentaram as exigências por nutrientes. Mesmo que comamos as frutas e verduras adequadas, é importante saber que o conteúdo nutritivo delas é menor devido aos solos esgotados.

Contudo, poucas pessoas conseguem obter somente dos alimentos – se é que realmente conseguem! – as substâncias de que necessitam, mesmo que tenham uma dieta saudável. É por isso que o sexto pilar de saúde compõe os suplementos nutricionais, porque eles fornecem os elementos nutritivos, que, provavelmente, estão faltando em uma dieta normal.

Esses nutrientes são os blocos edificadores de saúde e irão protegê-lo contra doenças. Sem eles, é provável que haja insuficiências. É extremamente difícil ter toda a nutrição de que seu corpo precisa apenas mediante uma dieta acompanhada.

Reconhecidamente, tenho pouquíssimos pacientes meticulosos em sua alimentação. Eles atentam a tudo aquilo que ingerem, mantendo relatórios para monitorar o que e quando comerão. Alguns são vegetarianos, e muitos insistem em comer unicamente alimentos feitos e preparados de acordo com padrões salutares.

Dessa forma, gastam horas planejando o que comer, comprando ingredientes e preparando os pratos. Para alguns, o tempo e a energia que o planejamento leva podem consumir-lhes a vida. Conforme declarei anteriormente, uma das principais razões de a dieta sozinha não ser suficiente é porque o solo de hoje possui menos nutrientes do que antes.

Quando isso ocorre, o mesmo sucede com aquilo que cresce nele. O solo dos nossos dias tem sofrido enormemente nas mãos do agronegócio, que planta e colhe em larga escala, não com o objetivo de obter safras nutritivas, mas aquelas que pareçam boas e durem o máximo de meses nas prateleiras.

Infelizmente, a nutrição tem sido sacrificada. Há bastante tempo, os fazendeiros praticavam a rotatividade das colheitas e cobriam com estrume e palha os seus campos, o que preservava os minerais do solo.

Agora, o agronegócio abusa dos campos e acrescenta de volta uma faixa restrita de nutrientes, em vez de deixar a terra regenerar naturalmente suas propriedades nutricionais. Os fazendeiros modernos fertilizam o solo com um número limitado de substâncias – principalmente nitrogênio, fósforo e potássio.

Tem sido mostrado que esses três elementos fazem crescer safras grandes, lindas, mas eles são apenas alguns nutrientes de que o corpo precisa para ser saudável. As maçãs ou alfaces abundam nas prateleiras dos supermercados e podem parecer bonitos, porém a beleza é apenas superficial. São, geralmente, pobres em inúmeros nutrientes, porque crescem em um solo fraco.

Diversos estudos mostram como o solo enfraquecido afeta o conteúdo mineral de vegetais e frutas. Por exemplo, quase metade do cálcio e da vitamina A nos brócolis desapareceu. O índice de vitamina A nos repolhos caiu para, aproximadamente, metade dos seus níveis anteriores. O potássio baixou de 400mg para 170mg, e o magnésio, de 57mg para 9mg.

A couve-flor perdeu quase metade da sua vitamina C, bem como a tiamina e a riboflavina. O cálcio do abacaxi foi de 17mg para 7mg. Essas perdas assustadoras terão um impacto significativo na saúde.

A chuva ácida é outro réu na degradação do solo. Mesmo a quantidade mais modesta dela faz com que a terra perca elementos nutricionais. Um estudo de 30 anos mostrou que esse fenômeno esvaziou constantemente 38% dos solos da floresta em um lugar da Carolina do Sul e tornou o solo mais ácido.

Creio que o empobrecimento do nosso solo seja parte da maldição que o Criador colocou na Terra depois que Adão e Eva foram forçados a deixar o jardim do Éden. Contudo, também acredito que, quando estamos sob a graça de Deus, Ele nos abençoa com as ferramentas e o conhecimento que farão a terra e o alimento ricos em nutrientes novamente.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (0) (média: 0,00 de 5)
Loading...Loading...

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *