Livros de Mulheres

Aceitei ser mãe

Depois de ler uma pilha de livros sobre como criar seus filhos, você tem a sensação de que mais uma briga entre eles seja capaz de fazê-la correr como louca na rua? Ainda sonha com um banho à luz de velas, em uma banheira que não esteja entupida com as toalhas que você acabou de lavar, transbordando água e brinquedos? Faith Bogdan nunca planejou ter filhos, mas, em seis anos, teve quatro. Este livro narra como a autora conseguiu abraçar o mundo da maternidade, bem como, pouco a pouco, contou com Deus para lhe mostrar os motivos que a impediam de desfrutar plenamente do papel de mãe para a qual Ele a havia chamado. Este livro é para a mãe que já foi tentada a imaginar, por um segundo, como a vida seria mais fácil com apenas um filho ou dois; se chorou de saudade dos “velhos e bons tempos” nos quais não tinha nenhum, e tudo parecia ser um céu de tranquilidade; se já teve a sensação de ver uma linha rosa surgir no teste de gravidez e disse: “Opa! Outra vez?”, “Ó Deus, ajuda-me!” ou “Nããão!”. Esta é a história da minha caminhada desde o que eu costumava ser – mãe amargurada e distante, sobrevivendo a um dia de cada vez – até o que me tornei hoje – alguém apaixonada pelos filhos que não esperava ter. Pretendo levar você a lugares do meu coração que nunca ousei mostrar, aos meus questionamentos com Deus sobre a concepção, à culpa por essas dúvidas e aos sentimentos de fracasso total como mãe, ressalta a autora. Mesmo sendo mãe de bebês ou de adolescentes, a leitora verá como a Faith Bogdan oferece uma perspectiva real de mudança e uma diretriz concreta para ajudá-la a desbravar os desafios alegres, confusos e, algumas vezes, avassaladores da maternidade. Espero que, ao final da minha história, você concorde que, se eu consegui ser arrebatada por meus filhos, você também conseguirá, enfatiza. Este é um livro autêntico, engraçado e cheio de esperança. Uma leitura altamente recomendada para qualquer mãe.

Aceitei ser mãe

Deus, por quê?

Aos 37 anos, o marido de Karen Jensen morreu subitamente em sua cama, deixando-a sozinha para criar dois meninos e pastorear uma congregação atordoada. Apesar da forte fé e do amor por Deus, surgiram várias questões para ela. A tragédia ou a decepção já mexeram com as estruturas da sua vida? Já foi surpreendido por um evento pelo qual jamais pensou em passar? O que devemos fazer quando estamos enfrentando momentos difíceis? Combinando uma visão acurada e uma boa dose de otimismo, em Deus, por quê? Karen alia habilidosamente suas experiências e as Escrituras, a fim de guiá-lo pelo “campo minado” da dor e da confusão que vêm com a perda. Ela explicita princípios sólidos para quem, partindo da dor, deseja seguir em frente, rumo a um futuro brilhante. “Algumas vezes, a vida pode ser difícil e penosa. Eu gostaria que houvesse um jeito de evitar completamente a dor, mas, infelizmente, não há. Vivemos em uma Terra com a maldição do pecado, o que significa que coisas terríveis acontecem”, destaca a autora. Para aqueles que os alicerces já foram abalados por morte, doença, relacionamento rompido, desastre financeiro, algum desapontamento amargo ou outra circunstância que tenha mudado a vida, Karen ressalta que “Deus tem jeito para protegê-lo mesmo quando você passa por momentos extremamente difíceis”. Para a autora, uma chave poderosa para o sucesso é a capacidade de deixar as coisas para trás. “As tempestades da vida chegam para todos. Apesar da dor que você sente quando está mal, você não é o único que passa por problemas sérios. Todo mundo os tem. É o que você faz no meio da tempestade que determina o que acontecerá a seguir.” E acrescenta: “Quando penso em deixar o passado para trás, também me lembro do apóstolo Paulo, que escreveu grande parte do Novo Testamento. Eis uma pessoa que, antes de se entregar ao Salvador, tinha promovido açoite e morte de cristãos! Jesus conquistou Paulo (At 9), e este tornou-se cristão. Quando fez suas primeiras tentativas de pregar sobre Cristo, todos os cristãos tinham medo dele, mas ele continuou. Se alguém tinha o direito de se sentir mal a respeito do passado e fugir, esse alguém era Paulo.”

Deus, por quê?

Perigosamente apaixonada

Como conseguir o brilho de Cristo? Com certeza, não será com nenhuma marca famosa de maquiagem, e sim por meio de um estreito e sincero relacionamento com Deus. No livro Perigosamente apaixonada, da Graça Editorial, a escritora e palestrante Marian Jordan mistura enfoques modernos com os exemplos da Bíblia para renovar a fé e a visão da mulher sobre a vida. O objetivo de Marian é mostrar que, uma vez apaixonada por Jesus, a mulher se torna “perigosamente” radiante e ativa na obra que o Senhor lhe destinou. A autora entende que o Deus do Universo a pinçou para ser dEle e, por isso, vive um verdadeiro conto de fadas. Ela sabe que é a princesa resgatada por seu príncipe e foi escolhida e transformada por Seu amor. “O amor é um campo de batalha, principalmente quando se trata do nosso amor por Jesus. Há uma intensa guerra contra ele. Satanás, o inimigo de nossas almas, odeia nosso amor puro e a nossa devoção a Cristo. Ele sempre se empenhará em nos distrair e nos afastar de qualquer coisa que possa aprofundar nosso relacionamento com Ele, pois sabe que uma mulher apaixonada por Ele é perigosamente radiante. Pessoas vencem o medo, mas não o amor. Satanás sabe disso. Melhor ainda, Deus sabe disso! É por isso que Ele nos orientou a amá-Lo acima de tudo”, explica Marian. No livro, a autora apresenta sete passos para a mulher tornar-se radiante na presença do Senhor, mais dois anexos – um sobre a obra de capacitação do Espírito Santo e o outro com temas para discussão em pequenos grupos.

Perigosamente apaixonada

À flor da pele

A TPM e a menopausa são alguns dos momentos mais desconfortáveis para uma mulher. Essas fases, no entanto, podem deixar de ser um pesadelo para se tornar motivo de celebração. Isso é o que o Dr. J. Ron Eaker explica no livro À flor da pele – Espante a irritação “daqueles dias” e aprenda a conviver com a TPM e a menopausa. A obra, anteriormente intitulada Benditos Hormônios, está sendo relançada pela Graça Editorial com novo título e identidade visual reformulada, além do conteúdo ampliado, o que torna a leitura ainda mais agradável e explicativa para a mulher de hoje. “Há muito tempo, compreendi que o melhor Guia para a vida é a Bíblia. É o Manual do usuário que podemos aplicar desde o nosso nascimento até a morte. Entendi esse conceito perfeitamente, mas fui lento em traduzir isso para a maneira de cuidar de minhas pacientes. Enquanto preparava uma palestra sobre o poder de cura da oração, uma antiga informação de um seminário que eu havia assistido sobre menopausa veio à minha memória de alguma maneira (algumas pessoas dizem que a coincidência é só o jeito de Deus permanecer anônimo). O Senhor é Deus de cura, e eu lidava com incontáveis mulheres que precisavam da cura da mente, do corpo e do espírito. Que combinação! Estou convencido de que é a única maneira de todas as peças se encaixarem”, explica o Dr. Eaker. Na literatura, são apresentados fatos, exemplos reais, sabedoria bíblica, desafios e recursos para estimular as mulheres a fazerem suas escolhas para um estilo de vida saudável. Deus graciosamente concedeu a cada uma as ferramentas para controlar seus pensamentos e sentimentos, e o Dr. Eaker ilustra como os sintomas físicos podem ser vencidos com o uso de hormônios, ervas, vitaminas, dieta e oração. Alguns dos assuntos de destaque são: o plano de Deus para o controle do estresse; como prevenir a osteoporose; alimentos saudáveis e ervas curativas; o poder da oração de cura; opções para o tratamento da depressão e ansiedade; a novidade sobre os hormônios; uma solução garantida para os fogachos, usando alternativas naturais, e como 30 minutos diários de exercícios físicos podem ser uma fonte de juventude.

À flor da pele